Atendemos CONVÊNIOS POR REEMBOLSO para consultas, procedimentos e cirurgias, use seu plano de saúde, Fale Conosco!
comece-agora-241019.jpg

DIETAS PARA EMAGRECER

Muitos planos de dieta fazem alegações incríveis de perda de peso, e pode ser difícil saber o que fazer.

Alguns são baseados em evidências, seguros e eficazes, mas outros não. A maioria dos profissionais de saúde, nutricionistas, concorda que os melhores resultados tendem a advir da combinação de uma dieta saudável de redução de peso com atividade física, especialmente a longo prazo.

atkins-dieta-291019.jpg

Dieta Atkins

A dieta de Atkins, ou abordagem nutricional de Atkins, se concentra no controle dos níveis de insulina no corpo através de uma dieta pobre em carboidratos.

Se as pessoas consomem grandes quantidades de carboidratos refinados, seus níveis de insulina aumentam e diminuem rapidamente. O aumento dos níveis de insulina faz com que o corpo armazene energia dos alimentos consumidos, tornando menos provável que o corpo use a gordura armazenada como fonte de energia.

Portanto, as pessoas que seguem a dieta de Atkins evitam carboidratos, mas podem comer tanta proteína e gordura quanto quiserem.

Embora popular por algum tempo, a dieta Atkins vem com certos riscos. Indivíduos que consideram a dieta Atkins devem conversar com seu médico.

dieta-vegetariana-291019.jpg

Dieta Vegetariana

A maioria dos vegetarianos são vegetarianos lacto-ovo, ou seja, não comem alimentos de origem animal, exceto ovos, laticínios e mel.

Estudos realizados nos últimos anos mostraram que os vegetarianos têm um peso corporal menor, sofrem menos de doenças e geralmente têm uma expectativa de vida mais longa do que as pessoas que comem carne.

dietas-mediterraneas-291019.jpg

Dieta Mediterrânea

A dieta mediterrânea é do sul da Europa e se concentra mais especificamente nos hábitos nutricionais das pessoas de Creta, Grécia e sul da Itália. Atualmente, a Espanha, o sul da França e Portugal também estão incluídos, apesar de Portugal não tocar o mar Mediterrâneo.

A ênfase está em muitos alimentos vegetais, frutas frescas como sobremesa, feijão, nozes, grãos integrais, sementes, azeite de oliva como a principal fonte de gorduras alimentares. Queijo e iogurtes são os principais alimentos lácteos. A dieta também inclui quantidades moderadas de peixes e aves, até cerca de quatro ovos por semana, pequenas quantidades de carne vermelha e quantidades baixas a moderadas de vinho.

A dieta mediterrânea é a dieta mais estudada até o momento, com pesquisas confiáveis apoiando seu uso para melhorar a qualidade de vida de uma pessoa e reduzir o risco de doenças.

dieta-cetogenica-2941019.jpg

Dieta Cetogênica

A dieta cetogênica tem sido usada há décadas como tratamento para a epilepsia e também está sendo explorada para outros usos. Envolve reduzir a ingestão de carboidratos e aumentar a ingestão de gordura.

Parece contrário ao senso comum, mas permite que o corpo queime gordura como combustível, em vez de carboidratos.

Gorduras saudáveis, como abacate, coco, castanha do Pará, sementes, peixe oleoso e azeite são generosamente adicionadas à dieta para manter uma ênfase geral na gordura.

A dieta causa a quebra dos depósitos de gordura do combustível e cria substâncias chamadas cetonas através de um processo chamado cetose. Essa dieta apresenta riscos, incluindo cetoacidose para pessoas com diabetes tipo 1, no entanto, e pode resultar em coma e morte diabéticos.

dieta-alimentos-crus-291019.jpg

Dieta de Alimentos Crus

A dieta de alimentos crus envolve o consumo de alimentos e bebidas que não são processados, são completamente vegetais e, idealmente, orgânicos.

Os partidários desta dieta acreditam que pelo menos três quartos da ingestão de alimentos de uma pessoa devem consistir em alimentos não cozidos. Um número significativo destes partidários também são veganos e não comem ou bebem nada que seja animal.

dicas-alimentacao-291019.jpg

Dicas de Alimentação

No momento das refeições (inclusive café da manhã e lanches), deixe os alimentos fora do seu alcance de visão. Sente-se à mesa com o prato feito. Isso evita os beliscos desnecessários.

Hidrate-se. O organismo demora para enviar a sensação de sede e, muitas vezes, ela é confundida com fome.

Coma de 3 a 5 frutas por dia. O áçucar da fruta ajuda a inibir a vontade de comer doces, além dessa turma ser ricas em fibras, vitaminas e minerais.

Consuma verduras e legumes no almoço e no jantar. Varie a cor e o modo de preparo desses alimentos. As fibras auxiliam no processo de saciedade, e as vitaminas e os minerais que eles contêm colaboram com a perda de peso, porque ajudam a diminuir a ansiedade e turbinam o gasto calórico.

Fique longe das tentações. Se a caixa de bombom fica no armário, fica bem mais complicado resistir a ela. Evite ter em casa alimentos gordurosos e ricos em açúcar, que são os perigos da dieta.

Onde Estamos?

ALAMEDA DOS MARACATINS,1435
7º ANDAR CJ.706, 04089-015
MOEMA. SÃO PAULO/SP

Telefones

(11) 3428-8606
(11) 94914-6410
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • SEG. Á SEX. DAS 09:00h ÀS 17:00h
  • Todos os direitos reservados 2019 @ CEMAGRA.